Nossa História

Sede - Unidade Doutrinária de Santana, São Paulo-SP

O Centro Espírita Nosso Lar nasceu em 28 de janeiro de 1949, na rua Ezequiel Freire, 732, Santana. Casa onde morou o idealizador desta obra, João Castardelli que, aos 12 anos, já escrevia textos espiritualistas para o Círculo Esotérico da Comunhão do Pensamento.

Desencarnou jovem, vítima de séria doença que aos 18 anos não lhe permitia a saída de casa. Desta forma, a família intensificou os estudos da Doutrina Espírita, e João passou a dirigir os trabalhos e reuniões em seu lar.

Mesmo após o seu desencarne, as reuniões continuaram, e a cada encontro o número de freqüentadores crescia, o que levou Paulo Castaldelli a oficializar os encontros, fundando o Centro. O sonho de João estava se concretizando.

No dia da cerimônia de inauguração, foi criado o primeiro estatuto da Instituição, cuja finalidade é promover a caridade espiritual e material, sem qualquer distinção de crença religiosa, nacionalidade, cor, sexo ou faixa etária.

Lembrando-se da orientação de João, o trabalho do Centro foi intensificado nos cuidados às crianças órfãs mas uma mensagem espiritual muda o curso dos trabalhos enfatizando que deveríamos cuidar de crianças portadoras de deficiência física e mental.

As diretrizes da Instituição são conseqüências do estudo e prática da Doutrina Espírita.

Resultado do trabalho assistencial do Centro é inaugurada em 26 de janeiro de 1958 a Casa da Criança André Luiz em Vila Galvão, para a assistência de crianças portadoras de deficiência mental, após quatro anos a personalidade jurídica da Entidade muda para Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz. Para atender a enorme demanda por vagas foi construída a Casa 2 (hoje classificada como Unidade de Longa Permanência), no bairro Picanço.

Foram adquiridas duas emissoras de rádio entre 1963 e 1964, que por volta de 1970 passaram a chamar-se Rádio Boa Nova, em Guarulhos e Rádio Clube, em Sorocaba – SP.

Em 4 de maio de 1985, foi inaugurada a Unidade Doutrinária de Santana. Em 11 de maio de 1989, foi a vez da Unidade Doutrinária de Vila Galvão, ocupando o antigo prédio onde funcionava a Casa da Criança.

Em dezembro de 1990, surge o Centro Espírita no bairro de Vila Gustavo. No mesmo ano foi criada a Fundação Espírita André Luiz para estimular a divulgação da Mensagem Espírita.

Em julho de 2003 foi inaugurada a Unidade Doutrinária de Santos. Quase um ano depois, em 14 de junho de 2004 era a vez de inaugurarmos a Unidade Doutrinária que funciona no Hospital João Evangelista. E em 2007 a Unidade de Longa Permanência ganhou espaço para as realizações de palestras, passe e atendimento fraterno aberto ao público em geral.

Hoje o que consideramos o Complexo André Luiz ainda conta com a a Editora Mundo Maior, a TV Mundo Maior, de 2006 e a Mundo Maior Filmes, de 2008 e auxiliando nas doações os Mercatudos.

Livro que conta um pouco da nossa história

Temos a satisfação de apresentar o livro Os Lírios que Perfumam a Nossa Vida que traz um pouco da história da nossa Instituição, sua idealização; inauguração, construção e organização.

Um pouco da história de voluntários que ajudaram na construção desta bonita história.

Você pode baixar o livro, imprimi-lo ou lê-lo digitalmente.

Uma boa leitura!

Conselho Doutrinário

Os Lírios que Perfumam a Nossa Vida. VERSÃO PDF