70 Anos – Programa de Apoio à Gestante

70 Anos – Programa de Apoio à Gestante

Especial 70 Anos – Programa de Apoio à Gestante (parte 1)

Além da Assistência, a Orientação.

OFERECER AJUDA É ALGO PRECIOSO. Mas é preciso saber ajudar.

O Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz há 70 anos colabora com a melhoria de condições diversas de vida de vários assistidos, sejam internos ou externos, que contam com apoio em suas unidades de Longa Permanência ou Ambulatorial. Porém há um trabalho realizado em duas de suas unidades doutrinárias, a de Santana e a de Vila Galvão, que é de extrema importância para mulheres e jovens carentes que estão gestantes.

Trata-se do PAG – Programa de Apoio à Gestante, que atende anualmente centenas de mulheres. Mas além de ajudar é preciso orientar, quem é ajudado e quem ajuda.

“É preciso se fazer presente como um veículo de constante informação às jovens, para que elas tenham condições de desenvolver renda, prover higiene e ter conhecimento de seus direitos como cidadã, para poder reivindicá-los e prover à essa nova vida, melhores condições de desenvolvimento”, diz a atual Coordenadora do Conselho Doutrinário, Maria Olívia Guimarães.

O trabalho de assistência à gestante passa por diversas etapas durante um ano completo e é preciso orientar a equipe de voluntários para que eles possam doar o seu tempo da melhor forma. Além de orientar e doar itens de necessidade básica, os voluntários dessa atividade sabem que é importante dar condições para que a mãe e os filhos possam se desenvolver e criem independência.

Voluntarie-se para esse trabalho (ALUNO A PARTIR DO 1º ANO) e entenda mais sobre como você pode ajudar. Procure o Plantão de Orientação nas Unidades Doutrinárias.

Para outras informações, acesse também o nossolar.org.br/site/o-centro/assistencia-social/.
Telefone 11. 2973 6579

Especial 70 Anos – Programa de Apoio à Gestante (parte 2)

Puericultura Voluntária- Cuidados para o desenvolvimento da Criança.
O trabalho de acompanhamento, saúde e higiene desde a gestação.

Além de prover informação, orientação sobre cuidados básicos e higiene dos recém nascidos, o trabalho do PAG – Programa de Apoio à Gestante, visa repassar às futuras mães conhecimentos dessa especialidade, submetida à Pediatria e que há mais de três séculos existe para orientar e fazer os profissionais de saúde acompanharem integralmente o processo de desenvolvimento da criança. É através desse acompanhamento que distúrbios neuropsicomotores podem ser percebidos e quanto antes detectados, podem ser tratados da melhor forma, causando menores sequelas.

Os ensinamentos para o bom desenvolvimento dos pequenos e as aulas de higiene com dicas de como dar banho, o asseio para a troca de fraldas e higiene bucal são parte do trabalho dos voluntários. Somados a esse trabalho direto, o Programa busca atender e orientar as futuras mães para que possam de acordo com as diretrizes mundiais e também a socialização, para que elas, neste momento tão delicado, possam sentir-se integradas a sociedade e sejam além de ajudadas, veículos de ajuda à outros que possam ter as mesmas ou outras dificuldades.

O exemplo do voluntariado é um dos exemplos mais edificantes, inspiradores e construtivos em busca do crescimento individual e coletivo que podemos ter. Segundo dados do Datafolha, publicados em 2014, o Brasil conta com mais de 17 milhões de voluntários e esse número está longe de ser suficiente. Afinal, fica a pergunta: há um número suficiente quando se vê tantas diferentes necessidades existentes na nossa sociedade?

Compartilhe esse conteúdo para que mais pessoas como você conheçam o trabalho realizado.

PROGRAMA DE APOIO À GESTANTE  (parte 3)

MILHARES DE JOVENS JÁ FORAM ATENDIDAS

Saber que seu esforço, seja do tamanho que for, pode ser essencial para mudar ou transformar a vida de alguém é o melhor benefício direto que você pode ter. Essa é uma afirmação que tem tudo a ver com o trabalho que há anos é realizado no Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz no PAG – Programa de Apoio à Gestante.

São mais de 400 mulheres atendidas todos os anos em duas das Unidades Doutrinárias, localizadas em Santana e em Vila Galvão. Muitas delas, jovens e carentes de informação, atenção e recursos. O atendimento a essas jovens parte da orientação de saúde, higiene e cuidados básicos com ela e com o bebê, assim como a assistência espiritual àquelas que optam por serem atendidas.

Semanalmente a reunião de gestantes nessas unidades provem a elas uma alimentação nutritiva, oficinas de trabalhos manuais que possam ser fonte de renda extra, ou em muitos casos, renda principal, socialização em grupos multidisciplinares e em eventos comemorativos que o Centro oferece às mães e aos filhos pequenos. Crianças até 10 anos de idade, participam de atividades de recreação e evangelização. 

Para as mães que estão entre as 32 e 36 semanas de gestação, a equipe de voluntárias prepara com muito cuidado e carinho, um enxoval completo para o bebê, para isso algumas medidas como apresentação de pré-natal e exames médicos no serviço público ou privado de saúde são exigidas.

Permita que esse trabalho seja continuado doando aquilo que você pode. Participe dos bazares que são organizados para todas as datas comemorativas do ano, como Dia das Mães, Pais, Crianças e Natal, entre outras, seja voluntário ou compartilhe essa informação. Alguém próximo a você pode precisar ou recomendar.

 



Leia também


Encontro com a Cultura
face_deluccaJosé Carlos De Lucca no Encontro com a Cultura de Março......Imperdível! Na Luz da Vitória. Abertura musical coral Lírios e Autógrafos Leia mais

Campanhas
Nossas campanhas oferecem apoio material e espiritual à sociedade carente. Leia mais

Para tirar suas dúvidas sobre Espiritismo, Atendimento Fraterno, Doutrina Espírita, Atividades nas Unidades Doutrinárias use centroespirita@nossolar.org.br